Rede Criança

Serviço de Obras Sociais - SOS de Presidente Prudente.

Fone: (18) 3223-5568

Serviço de Obras Sociais - SOS de Presidente Prudente.

História

O SOS é uma organização do Terceiro Setor, sem fins econômicos, fundado em 09 de junho de 1969.
É resultado de um movimento promovido pela Associação Comercial e Industrial de Presidente Prudente. Iniciou suas atividades tendo como foco o atendimento à população de rua.
Esse empreendimento social foi marcado por frustrações ficando suspensas as atividades. Somente em 12 de dezembro 1972, os trabalhos foram reiniciados. Em 1975, a Associação ganhou sede própria.
No decorrer de sua existência, foram executados vários projetos como: Plano de Integração do Menor na Comunidade; Programa Social de Proteção, Assistência e Orientação ao Trabalho Sócio-Educativo (criança/ adolescente explorado na mendicância); Centro de Apoio à Família (atendimento às famílias em situação de pobreza e exclusão). Os projetos foram elaborados devido ao diagnóstico levantado junto às demandas e acirramento da questão social do município exigindo propostas de atendimento. A partir de 2002, executamos o Projeto “Espaço Amigo”, voltado às ações sócio-educativas, realizadas no contra-turno escolar e em 2010, implantamos o Projeto Nutribol que tem três vertentes de intervenção: social, nutricional e esportivo.
Estes Projetos são financiados pelo poder público (Estadual e Municipal através de convênios e subvenções), CMDCA/ FMDCA/ GEPAC, Associação Filantrópica José Foz, diretamente por patrocinador (pessoa física), além dos contribuintes individuais, empresas, aluguel do salão de festas e promoções.

Missão

Oferecer educação inclusiva às crianças e adolescentes, comprometida com valores éticos e morais, assegurando aquisição de virtudes positivas, promovendo o desenvolvimento integral, capacitando-os para agirem como cidadãos e reforçando os laços de interação entre a família, escola, sociedade.

Objetivo

Para atingir os objetivos o SOS trabalha calçado nos princípios, direitos e deveres estabelecidos no Estatuto da Criança e do Adolescente e no Estatuto da Entidade.
Dessa forma, tem como prioridade em sua dinâmica institucional:

* Promover o bem estar emocional e social, o que assegura oportunidades e
facilidades de socialização, cooperação, interação, inclusão, superação ou
amenização de problemas vivenciados no cotidiano;

* Assegurar proteção integral do educando e o seu desenvolvimento em todas
as dimensões humanas: emocional, intelectual,moral e ético, físico e social;

* Prestar assistência social, educacional, moral, cultural, à família dos educandos, sem qualquer tipo de distinção, para que ele possa assessorar
os membros da família no posicionamento e enfrentamentos das dificuldades existentes, independentemente da natureza.